30 outubro 2008

bat for lashes - "fur and gold" (2006)

Memórias de Firenze

“The trophy that I made for usIn fur and goldGot into the wrong pair of handsIn truth was soldThe naughty for was so much lessThan it was worthAnd every man that touched itFound a heaven on earthHeaven is a feeling I get in your armsHeaven is a feeling I get in your armsHeaven is a feeling I get in your armsHeaven is a feeling I get in your armsThe queens and the court jestersClapped, adoredTheir hearts swelled tooOverdrive a mercy swordMercy this and mercy thatLet justice prevailBut I just want my trophy backIt's not for saleHeaven is a feeling I get in your armsHeaven is a feeling I get in your armsHeaven is a feeling I get in your armsHeaven is a feeling I get in your armsCreatures of love feedShoot shootShoot them downAnd set me freeCreatures of love feedShoot shootShoot them downAnd set me freeWhen I got my trophy backIt took some timeTo polish it, to go from blackAnd shoot the lineWhen I put it back insideAnd locked the doorA trophy of mercyIs a trophy no moreHeaven is a feeling I get in your armsHeaven is a feeling I get in your armsHeaven is a feeling I get in your armsHeaven is a feeling I get in your armsCreatures of love feedShoot shootShoot them downAnd set me freeCreatures of love feedShoot shootShoot them downAnd set me free”

(Nem de propósito a Natasha Khan fez 29 anos dia 25 de Outubro… mais uma excelente safra de 1979!!!)

29 outubro 2008

spinto band - "nice and nicely done" (2006)

Saudades de Venezia

Da cidade mais apaixonante que conheci em Itália apenas guardo os recantos reencontrados e os jardins escondidos que ofegantes guardaram a tarde de verão num banco a ouvir este fabuloso “oh mandy” receptáculo de tantas e tantas ilusões…

Oh Mandy


#1.2 - The Spinto Band - Oh Mandy
by lablogotheque

kings of leon - "only by the night" (2008)

Memórias de Bologna

Da magnífica janela vê-se o abismo e outras paisagens que enevoam a memória. Solta-se o sorriso entre pequenos papéis espalhados pela mesa. Sorri-se ao vento que perpassa as cortinas ofegantes e… pára. Tudo. Gravita um som diáfano na escuridão. Eis-nos entrados no mundo dos irmãos Followill e no seu mais recente trabalho “Only by the night” (já com o selo do segundo trimestre de 2008). Cinco anos depois e passados quatro álbuns de originais re-aprendi com a Phi que a paixão de ouvir música é assolapada e até à exaustão. Isto é, como quem bebe um leite achocolatado e sorve os últimos restinhos do pacote só para poder fruir o barulho próprio do final de festa.

Use somebody

22 outubro 2008

paranoid android

Dizem os entendidos que esta música eram duas, havendo várias teorias que justificam o facto de ter sido editada como única. Essas teorias vão desde o uso ilícito de substâncias tóxicas no momento da edição até à intenção que o Thom Yorke tinha de compor uma ópera épica, dizendo ainda os mais simplistas que esta foi a única forma de uma canção poder fazer face à bohemian raphsody, dos queen. Embora seja evidente que a obra prima começa aos 3:30 min, o facto é que, duas ou uma, estamos perante a melhor música de todos os tempos. E, se se interpretar a conjugação música/imagem como arte (e eu interpreto) então estamos perante uma obra prima , duvido que ultrapassável. Assim, embora tardiamente, completo a triologia do Marco, concordando com ele que as outras duas melhores músicas deles são o no surprises e o lucky. E acabo interrogando-me como é que o Marco tem tão presente as melhores músicas de 1997, ano em que ele, quase ainda não havia nascido... :)

12 outubro 2008

ane brun - duets (2005)

spiritualized - ladies and gentlemen we're floating in space (1997)

mais uma rubrica de "álbuns de há atrasado" como se diz pela invicta... hoje com Jason Spaceman Pierce... a relembrar o concerto de há dez anos em lisboa...

09 outubro 2008

pavement - "brighten the corners" (1997)

mais um álbum de infância em jeito de partilha... desse longíquo ano de 1997 excelente colheita sonora...

07 outubro 2008

radiohead - "ok computer" (1997)

Nem de propósito (ou se calhar mesmo de propósito… ainda não confirmei), fruto de uma mensagem last.fm, a Phi recordou-me que o Thom Yorke faz hoje quarenta anos. Um dos músicos mais inovadores da britpop está de parabéns pela extensíssima carreira dos Radiohead e pela aparição quer a solo quer em colaborações regulares (como aquela musica fabulosa com a Polly Jean). A sugestão da Phi é o melhor álbum de 1997 e um dos mais impressionantes da última década – “ok computer”.

Parabéns Thom. Queremos-te ver novamente ao vivo… como naquela noite no coliseu do Porto em que todos os sorrisos não foram suficientes para celebrar o melhor concerto que vimos (eu e a Phi… e mais 6000 pessoas) nesta nossa curta existência.

No surprises



Lucky (eu gosto mais desta!!!!)


"I'm on a roll,
I'm on a roll this time.
I feel my luck could change.

Kill me sarah,
kill me again with love.
It's gonna be a glorious day.

Pull me out of the aircrash,
pull me out of the lake,
'cause I'm your superhero.
We are standing on the edge.

The head of state
has called for me by name
but I don't have time for him.
It's gonna be a glorious day!
I feel my luck could change.

Pull me out of the aircrash,
pull me out of the lake,
'cause I'm your superhero.
We are standing on the edge.

We are standing on the edge."

Parabens Thom!!!

05 outubro 2008

ash - "1977" (1996)

Rubrica dedicada aos albuns de infancia... iniciada hoje com os Ash.

Os Ash são uma banda da irlanda do norte formados em 1992 cuja composição inicial era a seguinte: Tim Wheeler, Mark Hamilton e James Heatley. Com claras influências da musica que se fazia na altura, isto é, com sensibilidades grunge e rock depressa foram incorporados na "britpop" emergente. Bandas como Nirvana e Mudhoney serviram de clara orientação para a formação deste 1997, album coeso consistente e bem audivel (ainda hoje!).

Posteriormente foram perdendo o rumo com constantes alterações na sua composição que fez com que os albuns ulteriores a 1997 (nu-clear sounds, free all angels, meltdoen entre outros...) fossem um relativo fracasso e os Ash desaparecessem na memória colectiva até dos "britpoppers".

Aqui fica o registo em jeito de recordação... the girl from mars, dedicada a um grande amigo que tem o original deste cd desde 1996...


02 outubro 2008

Compras 2008

Setembro :

Cd :

Va - Ultimate Rap
Va - Fabric by Âme
Soulwax - Part of the Weekend Never Dies

Vinil :

Beck -Modern Guilt
The Field - From Here We Go Sublime Ep
Gui Boratto - Like You
Gui Boratto - Tipologia Remixes
Marcelo D2 - Looking for the Perfect Beat Instrumentals

01 outubro 2008

noah and the whale - "peaceful, the world lays me down" (2008)

Porque da inequação apenas se sabe que com uma ou múltiplas incógnitas será sempre uma sentença de desigualdade!

Eis que nos surge "Noah and the Whale" directamente da capital de sua majestade cheios de irreverencia e praticando uma sonoridade irresolúvel...

A banda do Charlie, Doug, Tom e Matt... ocasionalmente e inicialmente com a Laura e com a Emmy juntaram-se em 2006 e agora trazem à luz dos dias o primeiro avanço com "Peaceful, the world lays me down" de 2008.

Lufada de ar fresco na expressão desigual de sentimentos! Ouçam...