30 dezembro 2006

os mais tocados de 2006

Ora bem, sem demoras, segue a listagem do que para mim mereceu mais minutos de estadia no toca fitas cá de casa:

Em transito de 2005:
1 – Amadou & Mariam – “Dimancha à Bamako
2 - Clap your hands and say yeah – “CYHASY
3 - Fiona Apple – “Extraordinary machine
4 - Depeche Mode “Playing the Angel

Consagrados:
1 - The Strokes - "First Impressions Of Earth"
2 - Cat Power - "The Greatest"
3 – Thom Yorke – “The Eraser
4 – Gotan Project – “Lunático

Novidades:
1 - Final Fantasy - "He Poos Clouds"
2 - Beirut - "Gulag Orkestar"
3 - Arctic Monkeys - "Whatever People Say I Am That's What I Am Not"
4 - She Wants Revenge - "She Wants Revenge"

Desalinhados:
1 – Cristóbal Repetto – “Cristóbal Repetto
2 – Anouska Shankar – “Rise
3 – Gaiteiros de Lisboa - "Sátiro"
4 – K’naan – “The Dusty Foot Philosopher

Nota: Claro que os albuns mais tocados também incluem o love dos beatles... mas nao carece de referencia.

27 dezembro 2006

Last.fm: The social music revolution

Eis mais uma grande página de partilha de música, last.fm. O nosso colega Marco deu-me a conhecer há bem pouco tempo, mas confesso que já estou um adepto incondicional.
Resumindo, o last-fm faz um upload das músicas que ouves e coloca-as na tua página de usuário, onde qualquer pessoa tem acesso aquilo que estás a ouvir. Depois existem várias ferramentas interessantes, os concertos agendados, as músicas que mais se ouvem de momento, a associação de um género musical à música que ouvimos, aos vizinhos (pessoas que ouvem o mesmo género musical do nosso), etc.
Penso que é de salientar a base de dados dos eventos musicais que se organizam na região que se selecciona e o facto de se poder descobrir novos grupos musicais dentro do género que se ouve, por intermédio dos vizinhos. Enfim, existe realmente uma infinidade de opções!
Para quem é interessado e gosta o suficiente de música aconselho vivamente a inscrição.

20 dezembro 2006

Top 2006

Em sintonia com o Nuno, listo os dez álbuns que foram para mim os melhores de 2006, por ordem decrescente:

1. The Knife "Silent Shout"
2. Thom Yorke "Eraser"
3. Lindstrom "It's A Feedelity Affair"
4. Hot Chip "The Warning"
5. Booka Shade "Movements"
6. She Wants Revenge "She Wants Revenge"
7. Headman "On"
8. Infadels "We Are Not The Infadels"
9. Junior Boys "So This Is Goodbye"
10. Yeah Yeah Yeahs "Show Your Bones"

Adiciono também os cinco melhores concertos, por ordem decrescente, que assisti em 2006:

1. Depeche Mode
2. Radiohead
3. Kings of Convenience
4. The Knife
5. Sofa Surfers

17 dezembro 2006

Pink Floyd - "Live at Pompeii (Director's cut)" (2003)


Algo se passa com a minha mente. Uma certa inquietação apodera-se de mim e faz-me recordar momentos e sentimentos escondidos... únicos e inesquecíveis. Não me consigo concentrar. Recorro a alguns vícios para tentar acalmar os meus pensamentos. Um cheiro a fumo e alcool apodera-se da sala e transforma o ambiente em algo melancólico e intenso. Este quadro não esta a funcionar... algo continua a faltar! Vasculho por entre papeis, livros, cinzeiros cheios de pontas de cigarros, copos de vinho meio cheios (ou meio vazios! Ja não consigo recordar o quanto bebi...), montes de roupa espalhados por todo o quarto e não consigo encontrar o que realmente necessito nesta altura. Não posso desistir, tenho que encontrar... Busco e rebusco mais uma vez por entre tamanha confusão e finalmente encontro... Pink Floyd "live at Pompeii"! Isto sim é o que eu estou a necessitar... do som alucinante, único, revolucionário e inconfundível duma das melhores bandas britânicas de todos os tempos. Ponho o dvd a correr... ao vislumbrar tanta qualidade musical a melodia composta pelo talentoso David Guilmour, o enérgico Nick Mason, o sereno Richard Wright e claro o carismático Roger Waters faz-me flutuar e vaguear pelos sitios mais refundidos do meu inconsciente e finalmente cria na minha mente a serenidade que procurei durante esta noite!

A música de Pink Floyd repleta de cor, imaginação e originalidade, aliada um pouco ao surrealismo, é soberbamente completada por uma magnifica representação visual. Pink Floyd brinda-nos com uma sensacional experiência audiovisual, em que o cenário principal é um antigo anfiteatro nas ruínas e arredores de Pompeia. De dia vislumbramos uma deslumbrante arena banhada pelo sol, de noite um cenário fantasmagórico de destruição vulcânica... um espectáculo visual inesquecível com um suporte sonoro único. A selecção começa e termina com o extenso tema "Echos" do álbum "Meddle" e inclui os seguintes temas: Echoes, Careful Whit That Axe Eugene, A Saucerful Of Secrets, Us And Them, One Of These Days, Mademoiselle Nobs, Brain Damage, Set the Controls For The Heart Of The Sun, Echoes.

A não perder....

16 dezembro 2006

top 2006

Depois de uma longa ausência e muita reflexão aqui ficam aqueles que para mim foram os melhores albuns de 2006.


beirut "gulag orkestar"
black heart procession "the spell"

bonnie 'prince' billy "the letting go"

calexico "garden ruin"

camera obscura "lets get out of this country"

dead combo "quando a alma não é pequen
a - Vol. II"
destroyer "destroyer's rubies"

devics "if you forget me"

dresden dolls "yes virginia"

final fantasy "he poos clouds"

gaiteiros de lisboa "satiro"

god is an astronaut "all is violent, all is bright"
gotan project "lunatico"
hot chip "the warning"
isobel campbell and mark lanegan "ballad of broken seas"

jason molina "let me go let me go let me go"

junior boys "so this is goodbye"

koop "koop islands"
lambchop "damaged"

man man "six demon bag"

nouvelle vague "band a part"

peter bjorn and john "writer's block"

swan lake "beast moans"
the decemberists "the crane wife"

the knife "silent shout"

the tiny "starring someone like you"

trespassers william "having"

tv on the radio "return to cookie mountain"

woven hand "mosaic"

zero 7 "the garden"

11 dezembro 2006

cat power - "you are free" (2003)


Enfim… que vos hei-de dizer? Como diz o meu amigo Fragata – colei. Neste caso recolei. Gato dos poderes abalou definitivamente o sistema. Voltei a reparar quão assustador é este álbum. Degustem You are free na voz a inimitável Chan Marshall…

10 dezembro 2006

john coltrane - "plays the blues" (1960)


Noite gélida. Socorri-me de quase 2000w para aquecer o silêncio. Decidi-me enrolar no “edredon” dos "elefantes e das girafas" que comprei em saldo “quasi-forçado”. Folhas espalhadas pela sala. Cigarros queimados juntamente com um qualquer “Dão de 2000”. Uma saudade imensa no vazio ou um vazio imenso de saudade. Não sei. Faltam três dias para a Phi chegar. A noite continua imperturbável. Tudo gira devagar. Precisava do "a love supreme". Não o encontro. Retorno lento em silêncio de volta e… John Coltrane plays the blues.

A Sara faz anos. Parabéns Sara :)

09 dezembro 2006

regina spektor - "begin to hope" (2006)


Ainda no seguimento do “gato dos poderes” e nem de propósito…tive oportunidade de ouvir aqui no “Clandestino” um set delicioso de uma jovem dj que incluía para além dos inimitáveis B&S esta preciosidade – Begin to Hope. A senhora Regina Spektor de volta aos discos depois do satisfatório Soviet Kitsch…

the cat's miow - "songs for girls to sing" (1996)

Só recuperei três dias depois. O “gato dos poderes” assolou (n)a invicta. Finalmente, passados alguns anos, o gato voltou agora para dar um concerto. Sublime. Não se esperava nada de especial pois a última actuação do gato não tinha sido a esperada e dado ele continuar a ceder com volúpia aos vícios...enfim... resultado: difícil ainda ver um concerto melhor este ano. Com Stuart Staples cantado de forma subtil só faltou mesmo a Metalheart…

Com o regresso calmo à Ria voltei em força a outros gatos. O quarteto australiano the cat´s miow com a fantástica compilação resultante de gravações em cassetes durante vários anos. É engraçado que quando tudo sugeria um regresso a Stina Nordestam ou a Fiona Apple acabei por ser acompanhado a casa por um gato do outro lado do mundo.

Obrigado "gato dos poderes".