31 agosto 2006

gotan project "lunático" (2006)


O terceiro album dos Gotan Project (Cohen-Solal, Mueller e Makaroff) – Lunático é o mais cuidado e elaborado de todos os álbuns deste grupo multinacional. Tomou o nome do cavalo de Carlos Gardel e corporizou a hipnótica miscelânea de ritmos electrónicos de inspiração Tango e o bandonéon do mestre argentino Piazzolla. Baseado numa formação fortíssima (Caceres, Jimi Santos, Koxmoz e Cristina Vilallonga) associado á estética poderosa dos membros dos Calexico e os fabulosos pianistas argentinos (Gustavo Beytelmann e Tuscon) este álbum é uma peça de arte formalizada em rasgos de sentimento e paixão. Esteticamente ousado numa mistura electrónica, downtempo e dub o tango surge em paixão acústica com o ritmo sedutor e dramático das guitarras e dos pianos. A comunhão exótica entre os sons e os ritmos têm vida própria e gira em torno da tristeza das palavras. Fenomenal. Aconselho a ouvir-se com movimento e muitos muitos sorrisos.


federico aubele "gran hotel buenos aires" (2004)


Album de estreia do argentino Aubele traz um estranho encontro amoroso entre o tradicional tango argentino e o trip-hop actual alimentado aqui e ali com pitadas de dub suave e melódico. “Gran Hotel de Buenos Aires” é um cartão postal ilustrado, em tons de azul celeste, da grande capital das pampas cuidadosamente produzido pelos Thievery Corporation (Rob Garza e Eric Hilton). Editado pela ESL (editora de Washington propriedade dos próprios Thievery) a sonoridade “lounge” “down-tempo” característica da editora esta presente neste album cuidadosamente produzido para os fins de tarde à beira mar.

Alinhamento:

1. Ante tus Ojos 2. Postales 3. Despertar 4. El Amor de Este Pueblo 5. Esta Noche 6. Diario de Viaje 7. Mona 8. Salvacion 9. Contigo 10. Malena 11. Un Lugar 12. Besos de Sal

Editora:

www.eslmusic.com

30 agosto 2006

beirut "gulag orkestar" (2006)




Quem se haveria lembrar de combinar o som das orquestras de metais, dos grupos de ciganos que faziam e fazem a vida a tocar em casamentos e funerais da europa de leste, com as bandas de mariachis mexicanos? Pois bem, um prodígio de 20 anos chamado zach condon é a resposta. Ao resultado desta amalgama de sons é acrescida a sua voz melancólico-desesperada. Uma das mais belas obras que me passou pelos ouvidos... simplesmente genial! A faixa chama-se "Prenzlaurberg".
ínicio.